Jordania

map

A fascinante Jordânia: um dos locais mais ricos da cultura árabe

Acredito que assim como eu, muitos que lerão essa matéria jamais tiveram a Jordânia em sua lista de prioridades para visitar durante a vida. Há os que reconhecem-na como o país da cidade arqueológica de Petra e só; outros comentam a respeito quando se fala em conhecer o Mar Morto (também pode ser feito através de Jerusalém, em Israel, mas não é a mesma experiência que pelo lado jordanense). E os que pensam em visitar o Oriente muito provavelmente vão a Dubai, Abu Dhabi ou Marrocos. Mas poucos vão à Jordânia.

A Jordânia é um país tão incrível, de uma riqueza cultural ímpar, daquelas que mexem conosco principalmente se você for um observador atento e de percepção sensível. Um país majoritariamente de religião islâmica onde apenas 3% de sua população segue o cristianismo. Costumes religiosos são rígidos por lá; mulheres usam burca, dedicam-se às tarefas domésticas, saem pouco de casa; as que saem e algumas com as quais tive o privilégio de cruzar olhares me passaram um sentimento tão natural e genuíno de curiosidade - seja da minha parte ou delas - com um misto de carinho e respeito. Guardo essas impressões tão claras na minha mente até hoje.

Os homens são muitos pelas ruas e pelo comércio e obedecem rigorosamente aos cinco horários das orações conhecido como Salá, praticado em determinados períodos do dia – de acordo com as etapas do curso do Sol – e sempre voltados à Meca. São cenas que se vê muito na capital Amã (Amman), de 12 milhões de habitantes, número que até 2010 não passava de 5 milhões e cresceu subitamente com o asilo de refugiados Sírios. Esse lugar nos desperta um fascínio enorme pelo modo como se vestem, como se portam, como vivem. Uma população formada por jordanenses e palestinos, já que a Jordânia foi o único país árabe a integrar 100% os refugiados palestinos décadas atrás quando se iniciaram os conflitos Palestina-Israel.

Na Jordânia conheci algumas das pessoas mais maravilhosas da minha vida; pessoas de um coração e de um “doar-se” ao próximo que me emocionaram. Pessoas que ficam felizes quando você se surpreende ao descobrir aspectos diversos sobre essa cultura instigante; felizes quando você adora e elogia a comida típica: como ela é magnífica, saborosa e variada!

A Jordânia é um país de grandes tradições e de muitas surpresas, onde se enxerga os rastros de algumas civilizações que nem mais existem; um local onde costumes religiosos dão o tom à forma como a sociedade se porta; onde a culinária facilmente pode ser tida como uma das melhores no mundo. Ainda pouco visitada e talvez sub-estimada. Em seu próximo roteiro, ouse conhecer e se encantar pela Jordânia.